Menu fechado

Preparando o terreno para o seu podcast

Chegou a hora de começar a tirar as ideias do papel. Agora que já pensamos sobre a rotina do seu podcast (O quê? Por quê? Como? Imagino que você tenha as respostas destas perguntas), vamos pensar em alguns aspectos práticos. Onde você irá hospedar seu podcast?

Hospedar? Como assim?

Um podcast é um arquivo de mídia (normalmente áudio) e como tal ele deve estar disponível e armazenado em um local. Esse local que vai guardar os arquivos do seu podcast é o que chamamos de serviço de hospedagem. E como em praticamente tudo na internet temos soluções gratuitas e pagas. Algumas práticas e outras nem tanto assim.

Pagar ou buscar o almoço grátis?

Se você ainda não está seguro da viabilidade do seu podcast, ou então quer testar as ferramentas antes de pegar firme no batente, é altamente recomendável buscar uma solução gratuita.

No entanto, se você já tem definido que o podcast é um projeto viável e já quer deixar tudo pronto para sua estreia, então recomendamos com todas as forças: busque a alternativa paga. Encontre um serviço que caiba em seu orçamento e esqueça as soluções gratuitas. Falo por experiência própria.

Em nosso caso, o podcast “Um Papo Qualquer” está hospedado num servidor PAGO. Confesso que tentamos usar uma alternativa gratuita mas nossa experiência foi MUITO ruim. Isso não quer dizer que sua experiência será ruim, mas é que para nós a solução gratuita simplesmente não serviu.

As soluções

Pensando nas hospedagens disponíveis, muito dos serviços pagos oferecem planos gratuitos com limitações. Então você pode considerar serviços como: Buzzprout, SoundCloud, Libsyn, Podomatic, Blubrry e Podbean. É uma maneira de você conhecer o serviço e caso opte pelo plano pago, terá a migração facilitada.

O Anchor pode ser uma alternativa para quem busca hospedagem gratuita. Ele tem a vantagem teórica de replicar o seu feed em vários serviços de distribuição de RSS (os populares agregadores de conteúdo).

Outro ponto a se considerar é que os serviços de hospedagem que citamos são serviços estrangeiros que necessitam de pagamento em dólar e para isso você precisará de cartão de crédito internacional. Existem serviços nacionais de hospedagem como PodCloud e Megafono.

Você ainda pode usar uma solução – em nossa opinião – improvisada. A solução seria utilizar o YouTube como plataforma de distribuição. Afinal de contas, o podcast é um arquivo multimídia que pode ser enviado através da plataforma de vídeos. É estranho? Talvez… mas funciona.

Recomendamos algum?

É complicado recomendar um serviço específico. Em nossa história, utilizamos o SoundCloud, o Blubrry e o PodBean e todos funcionaram muito bem. Nossa experiência com o Anchor não foi nada agradável e por isso não podemos recomendá-lo. Pode ser que sua experiência seja diferente, mas de modo geral, nossa experiência com esta plataforma foi ruim.

Em relação ao SoundCloud, fica uma ressalva. Ele funciona muito bem e é bem prático, mas ele não foi projetado como plataforma de podcast, mas sim uma plataforma para músicos. Existem podcasts de sucesso que usam e não tem do que reclamar, mas se a ideia é uma plataforma para PODCAST, talvez não seja a melhor alternativa.

Nossa hospedagem atual é pelo PodBean e a experiência é muito boa. Eles têm planos a partir de US$ 9 mensais e pode ser uma boa alternativa para você. Tem até um link para que você ganhe 1 mês grátis de hospedagem caso você se interesse.

Em nosso próximo encontro, vamos fazer um pequeno tutorial de hospedagem de um podcast. Até lá, precisamos que você defina algo importante… o nome do seu podcast. Por quê? Bom… esse é o assunto de nosso próximo encontro. Até lá!

Deixe seus comentários

Publicado em:Informação,Modos de Fazer,Podcasts

Conheça também...