Menu fechado

Samba e Amor – “Amar é meu destino”

Buenas! Trago pra vocês algo diferente do que estão acostumados. O importante, é que música boa sempre será música boa. Sendo assim, com vocês: Samba e Amor – “Amar é meu destino”.

Antes de começarmos, uma pequena anotação do nosso editor-chefe

Vamos lá… tive a felicidade e sorte de encontrar Maria Luiza e Lucas de Azevedo em uma destas noites paulistanas. Por coincidência, eles estavam aqui em São Paulo para conhecer a casa onde se apresentariam pela primeira aqui na terra da garoa.

Conversa vai… conversa vem… e acabei descobrindo sobre a banda, seus projetos e fiquei encantado com a história. Foi então que me apresentei como editor do UBQ e contei a nossa história.

E aí, com as histórias cruzadas, transformamos aquele encontro casual em uma nova história. História que o Júnior irá contar a vocês…

Música tem que fazer bem aos ouvidos

O povo costuma me encher o saco por gostar só de guitarrices, barulhos e afins. Gosto, é claro e não nego, mas sempre digo que sou fã de “boa música”, independente de estilo ou gênero.

Gosto de música que me faça bem aos ouvidos, que me coloque um grande sorriso no rosto, ou que me tire da zona de conforto, sempre será bem vinda na minha playlist.

O disco de hoje se encaixa nesses três quesitos acima e está bem longe de ser um disco de rock de guitarras, hoje falamos da brasilidade do “Samba e Amor”, com seu disco de estreia, o SENSACIONAL (isso aí, com letras garrafais) “Amar É Meu Destino”.

Sobre a banda “Samba e Amor”

Oriundos de Porto Alegre, a banda faz música brasileira da melhor qualidade, sem preconceitos, sem rótulos, simplesmente a boa e atemporal MPB.

Notas de jazz, bossa-nova, samba de raiz e xote se somam a uma voz incrível: surge aqui uma das grandes cantoras brasileiras, Maria Luiza tem um timbre lindo, cristalino e um jeito de cantar que nos remete às grandes divas da música nacional, é a cereja do bolo de um timaço pra lá de azeitado.

Maria Luiza e Lucas de Azevedo - Este é o "Samba e Amor"
Maria Luiza e Lucas de Azevedo – Este é o “Samba e Amor”

Não é à toa que ela esteve brilhando em sua participação no The Voice Brasil (edição 2019), cantando “Tristeza em Pé no Chão” de Clara Nunes. Foi para o time Ivete e acabou sendo (em nossa opinião, injustamente) eliminada na noite de batalhas.

Interpretação fantástica de Maria Luiza na sua estreia no The Voice Brasil 2019
Interpretação fantástica de Maria Luiza na sua estreia no The Voice Brasil 2019
Créditos: Isabella Pinheiro/GShow

O Disco de estreia: “Amar é meu Destino”

O disco traz em suas nove faixas toda a nossa diversidade musical, de samba de gafieira ao xote, toda a nossa miscigenação e suingue são ingredientes no caldeirão de referências.

Com arranjos e execução pra lá de perfeitos, Maria Luiza Fontoura (voz), Lucas de Azevedo (violão), Guilherme Fejão (percussão), Rafa Marques (bateria), Samy Cassali (baixo) e o produtor Gastão Villeroy, a banda faz uma música que resgata as tradições do que há de mais classudo na música brasileira.

Samba e Amor - Guilherme Fejão, Samy Cassali, Maria Luiza, Lucas de Azevedo e Rafa Marques
Samba e Amor – Guilherme Fejão, Samy Cassali, Maria Luiza, Lucas de Azevedo e Rafa Marques

Ecos de Elis, Tom, Baden, Toquinho, Vinícius, Gonzaga e todos os nossos bambas, mostram a riqueza, o conhecimento e a competência da banda. Trazendo em suas letras a sua visão de mundo: amores, desamores e as relações humanas de maneira sensível e muito bem escrita.

Isso demonstra que para ser popular não precisa ser ralo, por mais que se fale de sentimentos ou de cotidiano.

O disco de estreia "Amar é meu Destino"
O disco de estreia “Amar é meu Destino”

Gravado e produzido graças a um financiamento coletivo, me arrancou sorrisos a semana toda, me presenteando com toda a leveza e sensibilidade que nós, brasileiros sabemos fazer como ninguém.

Um disco plural, solar e que te leva pra uma viagem no tempo, pra um Brasil de outrora, onde tudo era mais simples e a música era de extrema qualidade. Sério candidato a disco do ano. Tô doido pra vê-los ao vivo.

Daqueles álbuns que te arrancam sorrisos apenas por existir. Que seja o primeiro de muitos.

Logo menos tem mais.

Uma última coisinha…

Agora temos uma nova forma de contato com vocês. Para sugestões, críticas, elogios e por que não, envio de material, mande-me um e-mail no endereço: juniorferreira@umblogqualquer.com.br.

Ou então pelos já tradicionais Twitter ou instagram sempre pelo @hadouken_sp.

Outros artigos do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *