Menu fechado

Você é esquerda ou direita? Ou outra direção?

Provavelmente, até a publicação deste texto, eu devo ter recebido ou visto nas redes sociais, somente hoje, algumas dezenas de Fake News ou agressões a “comunistas” ou a “fascistas”.

Isso mesmo, a cada dia que passa, mais e mais agressões e ideologias políticas são escritas ou gravadas por pessoas “famosas” ou anônimas, com o intuito de mostrar que o Brasil e o mundo estão polarizados.

Com isso tudo acontecendo, sou obrigado a tomar uma posição, sou esquerda ou direita?

Toda essa briga política e ideológica atual, nada mais é do que produto virtual.

O nobre leitor pode pensar, que não é verdade. Nossos políticos foram ou não eleitos, em virtude de uma polarização gigantesca no Brasil. Todas as pessoas viam que se um ou outro candidato ganhasse a eleição, o país viraria algo terrível, por isso elegemos o outro, para salvar o país.

Na verdade, tudo isso não é real. Discussões, brigas, conflitos, ódio, terror, medo, entre outras ações, são meramente virtuais.

Talvez as discussões sejam mais no campo virtual do que no real
Talvez as discussões sejam mais no campo virtual do que no real

Nem comunistas… nem fascistas…

Você caro leitor, foi obrigado a estar em um turbilhão de ideias que você não queria estar, mas foi obrigado a assumir um lado. Só que na rua, no seu trabalho, na escola, na família, você não precisa ter esse lado. Não há comunistas comedores de criancinhas, nem fascistas perseguidores da moralidade, andando pelas ruas e praticando seus atos tão deploráveis.

Se você conversar com as pessoas, que normalmente estão no seu convívio, vão ver que o mundo não vai acabar, nem que o ódio vai exterminar as raças ou credos. Vivemos em mundo virtual, que trazemos para uma realidade que não existe.

Redes sociais são maravilhosas, ajudando a encurtar e aproximar pessoas. Mas também elas podem contribuir para afastar e excluir as mesmas.

A realidade é saudável

Experimente conversar com um amigo, familiar, colega ou vizinho, de preferência, sem um acesso a internet. Isso provará que a realidade, não é mais bacana do que o mundo virtual, mas é bem mais saudável para a sua sanidade.

Outros artigos do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *