Menu fechado

Sega Genesis Mini – O retorno de um grande lutador.

Fala rapaziada do UBQ, beleza? Hoje vou falar sobre a notícia que surgiu na internet e que confirmou alguns rumores. Vou falar sobre o Sega Genesis Mini – O retorno de um grande lutador.

É isso mesmo que você leu: seguindo uma tendência retrô, inaugurada pela Nintendo e seguida pela Sony, a SEGA trará de volta o Genesis no formato Mini.

Sega Genesis Mini - O retorno de um grande lutador
Sega Genesis Mini – O retorno de um grande lutador

Se você não conhece ou não lembra do SEGA Genesis, talvez você não esteja associando a pessoa ao nome… no Brasil ele ficou conhecido como Mega Drive e foi um baita concorrente do Super Nintendo na década de 90.

Propaganda à época do lançamento do Mega Drive (a.k.a. Sega Genesis) no Brasil
Propaganda à época do lançamento do Mega Drive (a.k.a. Sega Genesis) no Brasil

Um duelo épico entre duas legiões de fãs

Aliás, esta década foi um período de grandes embates entre SEGA e Nintendo, pois na ocasião, apenas as duas gigantes dominavam os lares dos gamers.

Não estou desmerecendo outros consoles, mas não é exagero dizer que quase que a totalidade dos lares ou tinha Nintendo ou tinha Sega (e os mais afortunados tinham os dois).

E este embate também dividiu muito os jogadores do mundo no maior estilo Team SEGA vs Team Nintendo; comparável a rivalidades clássicas e colossais como Beatles vs Rolling Stones, Real Madrid vs Barcelona, Brasil vs Argentina, etc…

Um duelo de gigantes na década de 90... Nintendo vs Sega
Um duelo de gigantes na década de 90… Nintendo vs Sega

Ok… admito… eu exagero mesmo.

Com esta notícia, a SEGA fortalece uma estratégia de visibilidade da marca e claro de adentrar em um mercado que foi praticamente inaugurado pela Nintendo, o mercado dos mini consoles “oficiais”.

E notem que o oficiais aqui está entre aspas porque o mercado de retrogames no Brasil é bem difundido graças ao Raspberry Pi. Talvez seja correto dizer bem difundido no mundo graças a esta plaquinha marota que roda coisa pra cacete.

O Raspberry Pie gerou uma onda retrô
O Raspberry Pie gerou uma onda retrô

E por que citei a estratégia?

Bom… aqui entra minha total e unica análise nada baseada em fatos.

A Sega foi um gigante dos games com seu console que começou com o Sega SG1000, foi para o Master System, chegando ao auge com Mega Drive (Genesis para os puristas) e seus acessórios (Genesis 32x, Sega-CD , Game Gear e Sega MegaNet).

Sega SG1000, Mega Drive, Sega 32X, Sega CD, Master System
Sega SG1000, Mega Drive, Sega 32X, Sega CD, Master System

Começou a entrar em crise com o SEGA Saturn (concorrendo diretamente com o Playstation da Sony).

Sega Saturn... o começo do fim.
Sega Saturn… o começo do fim.

Sua história nos consoles chegou ao fim com o Dreamcast, um console que não tive, mas joguei e era muito animal e a frente do seu tempo. Pena que ele veio pra concorrer com o Playstation 2. Convenhamos… insuperável.

Sega Dreamcast... um belo hardware... mas uma péssima estratégia em ganhar mercado
Sega Dreamcast… um belo hardware… mas uma péssima estratégia em ganhar mercado

Um pequeno aparte… para mim, o Dreamcast tinha um hardware muito superior ao Play 2 chegando quase a bater no bumbum do PS3, mas convenhamos… o PS2 teve uma estratégia de marketing absurdamente fantástica e isto garantiu à Sony uma boa quantia em dinheiro.

A vida pós-consoles

Voltando ao Mega Drive, depois que a SEGA enterrou sua divisão de consoles, dedicou-se a fazer jogos com seus personagens ou até mesmo utilizando sua expertise em criações novas. Mandou bem, soube se reinventar e voltou para trilha de sucesso.

Há uns dois anos atrás aqui no Brasil eles resolveram aproveitar a onda dos mini consoles retrôs para lançar um Mega Drive de verdade, que roda os cartuchos originais da década de 90 e tudo.

Confesso que quase comprei um…

Em 2017 a TecToy relançou o Mega Drive numa versão saudosista
Em 2017 a TecToy relançou o Mega Drive numa versão saudosista

E após essa empreitada da icônica empresa nacional (que honestamente não sei se foi boa ou não) eis que a Sega resolve aparecer com o mini console tentando buscar uma fatia do mercado.

A pergunta que não quer calar…

E o que você acha disso, PH?

Acho animal, pois quem curte o game pode ter novamente um em sua casa (eu sei que emulador faz a mesma coisa mas a sensação não é a mesma, tá?). E quem – assim como eu – nunca teve um Mega Drive, pode finalmente ter a oportunidade de adquirir o seu.

O preço está salgado… US$ 79 (numa conversão direta, cerca de R$ 320), o que deixa ele cerca de US$ 20 mais caro que o Super Nintendo Mini (considerando o preço de lançamento) e US$ 29 dólares mais caro que o PS1 mini (no lançamento).

De qualquer forma, no Brasil vai chegar daquele jeito, lá pelos R$ 600… R$ 700, do mesmo jeito que ocorreu com NES e SNES. Mas vamos ver, né?

Vai que a Tec Toy resolve trazer barato, não é mesmo?

Especificações do meninão… ou menininho…

Falando rapidamente da configuração do pacote, é possível adquirir o brinquedo recebendo um mini console com 40 jogos , segundo a SEGA “lendários”, mais2 controles clássicos (curiosamente, de 3 botões), fonte e cabo HDMI.

Um pacote plug’n’play total.

Sega Genesis Mini - O retorno do Guerreiro
Sega Genesis Mini – O retorno do Guerreiro

E quais os jogos que virão com o Sega Genesis Mini?

Dos Jogos anunciados, temos o seguinte:

  • Ecco the Dolphin
  • Castlevania: Bloodlines
  • Space Harrier II
  • Shining Force
  • Dr. Robotnik’s Mean Bean Machine
  • ToeJam & Earl
  • Comix Zone
  • Sonic The Hedgehog
  • Altered Beast
  • Gunstar Heroes
O Sega Genesis Mini virá com 40 jogos... mas apenas 10 títulos foram divulgados até o momento
O Sega Genesis Mini virá com 40 jogos… mas apenas 10 títulos foram divulgados até o momento

E, sim… vai rolar um suspense com os outros 30 títulos que serão disponibilizados.

Conclusões – Um grande lutador voltou?

Fica a dica pra quem curtiu o console e quer revisitar alguns jogos ou para aqueles que – como eu – era Team Nintendo e que agora poderão ter um Maga Drive em casa pra jogar Sonic e outros games gigantes que saíram só para o console da SEGA.

Confesso que quero jogar RinStar e Quackshot.

Talvez, se você tem pouco espaço aí na sua casa, ele pode compensar.

Mas se você tiver mais espaço, quiser ser mais saudosista e ainda ter um Mega Drive, dá uma pesquisada pela internet porque o lançamento de dois anos atrás ainda tem pra vender, tem entrada para cartucho e SD para enfiar tudo quando for jogo nele (de Mega é claro). Fica a dica!

Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *